Price Action para Forex: Um guia para iniciantes negociar

Price Action para Forex
Início > Blog > Price Action para Forex: Um guia para iniciantes negociar

Price action para forex, será possível? O mercado de hoje é movido pela volatilidade. Os preços de diferentes ativos como ações, títulos e moedas sobem e descem em um curto período de tempo, sem razão aparente. Esta imprevisibilidade torna o trading mais arriscada do que outros tipos de investimentos, como a renda fixa.

Entretanto, esta volatilidade também é útil para um traders e até mesmo investidores porque torna as condições de mercado mais atraentes para comprar “barato” e vender “caro. Isto o torna incrivelmente eficiente para os negociadores que sabem como utilizá-lo de forma eficaz.

Com isto em mente, aqui está tudo o que você precisa saber para começar a usar o price action para o forex. Confira!

O que é price action para forex?

O mercado Forex é um dos mercados mais líquidos e rápidos do mundo. Price action para forex refere-se ao movimento de preços aplicados aos pares de moedas, como por exemplo EUR/USD, USD/JPY, GBP/USDP e assim por diante.

Esta é a única informação necessária para tomar uma decisão de negociação. Os traders e analistas que utilizam essa estratégia não olham para outros indicadores ou dados econômicos. Esta abordagem ignora completamente a análise fundamentalista e a análise técnica.

Como utilizar o price action para forex?

Existem cinco passos para utilizar o price action para forex. Veja cada um deles a seguir.

1 – Selecione um instrumento de negociação

Em primeiro lugar para negociar price action no forex é selecionar o instrumento financeiro para usar a estratégia. Embora o forex esteja relacionado a moedas, podemos também considerar outros ativos como índices e commodities como outro e petróleo.

Isto é interessante, porque talvez você prefira começar por algum ativo que já tenha mais familiaridade, que conhece melhor o seu funcionamento.

Existem várias corretoras onde você pode operar uma variedade de instrumentos financeiros, tais como forex, commodities, índices, ações, títulos e criptomoedas.

2 – Monitore o mercado

Monitorar o mercado forex

Em segundo lugar é preciso monitorar o mercado e ver quando há mudança no mercado e, consequentemente, uma oportunidade. No entanto, a leitura tem que ser rápida e objetiva.

O trader precisa ter cuidado para não querer operar diversos setups ao mesmo tempo e acabar se confundir ou perder oportunidade lendo de forma exagerada o mercado. Eles têm que ter em mente sua estratégia e seguir á risca o seu plano de trading.

3 – Identifique a mudança na tendência

O passo seguinte é identificar movimentos de mudança ou de continuidade da tendência. Conforme o mercado sobe ou desce, você têm que identificar a mudança da tendência e observar o momento em que o mercado completou a mudança.

Outro fator importante é saber identificar momentos de forte tendência e, ao invés de procurar as mudanças, procurar movimentos de repique para entrar seguindo a tendência existente.

4 – Entre no mercado

Agora que você já sabe qual ativo financeiro operar, está monitorando de perto o mercado com plano de trading bem traçado e já identificou um ponto de mudança ou continuação de tendência, o passo seguinte é entrar no mercado.

O trader têm que entrar na operação assim que tiver certeza de que a tendência mudou ou um repique que possibilita entrar em um claro sinal de continuação do movimento. É preciso agir rapidamente para que não perder a oportunidade e o time da operação.

5 – Saia do mercado

Por fim, depois de obter o lucro desejado, ou ter o seu limite de risco para a operação atingido, os traders têm que sair do mercado. Além de sair pelos alvos de ganho e limite de perda, o trader também pode sair de uma operação em caso de uma nova mudança da tendência.

Afinal, não faz sentido continuar em uma operação cuja direção você acredita ser diferente da que você está posicionado. Assim que estiver convencido de que a tendência mudou novamente, feche a sua posição.

3 Benefícios de usar Price Action para forex

  1. Maior confiança
    Os operadores de price action não utilizam quaisquer indicadores ou outras ferramentas técnicas. Eles têm que confiar somente em sua análise gráfica.
    Com o tempo, naturalmente, os traders ganham mais confiança. Como resultado, eles cometem menos erros no mercado, aumentando a lucratividade e taxa de acerto.
  2. Disciplina
    Para ter sucesso ao negociar price action para forex, é preciso ter autodisciplina para se manter fiel ao plano de negociação.
    Este plano de negociação é seu próprio conjunto de regras de negociação, ou seja, o seu setup. Ao definir e utilizar um plano o trader evita tomar decisões comerciais impulsivas e ser sabotado pelo seu emocional.
  3. Liberdade
    Os operadores de price action para forex, sejam eles traders, analistas ou até mesmo holders não têm que ficar olhando para os gráficos o tempo todo.
    Depois de definir os padrões que se adaptam melhor ao seu operacional, selecionar os papéis que deseja operar e definir as regras de gerenciamento de risco, podem usar um robô trader para executar.
    Assim, eles podem se concentrar em outras atividades enquanto o software cuida do serviço pesado.

3 perigos do uso do price action para forex

  1. Negociar com a emoção
    Se você optar por operar manualmente, ou seja, sem robôs, você está sujeito a um maior nível de subjetividade e tende a confiar mais em seus instintos.
    Entretanto, tenha em mente que o que funciona para um trader pode não funcionar para outro. Isto pode levar você a negociar mais pela emoção do que pela razão. Cuidado pois esse é um grande perigo.
  2. Querer entrar em toda oportunidade
    Ao se concentrar no mercado de forma excessiva, o trader pode ficar “caçando” entradas e perder de vista sua estratégia e seu plano de negociação. Eles também podem perder de vista sua gestão de risco.
    Logo, estabeleça limites de ativos para operar simultaneamente, bem como uma quantidade máxima de trades para realizar durante o dia.
  3. Achar que só existe uma técnica boa
    Os traders que usam o price action e ignoram outras técnicas como análise fundamentalista ou análise técnica podem tomar decisões erradas.
    Você não precisa ser um expert em todas as técnicas, mas quanto mais técnicas você conseguir ter uma noção e usar em conjunto, melhores serão os seus resultados com o price action para forex.

Estratégias com Price Action para Forex

  • Identificação de tendências: Ao usar essa estratégia o trader têm que identificar a tendência e permanecer na tendência o máximo de tempo possível. Eles têm que sair quando têm certeza de que a tendência mudou.
  • Linhas de tendência: Nessa estratégia o trader têm que usar linhas de tendência para identificar as áreas onde a tendência irá mudar. Eles têm que se afastar das áreas onde as linhas de tendência se cruzam.
  • Quebras de tendência: Os traders têm que procurar a fuga de tendências. Eles têm que entrar no mercado quando o preço se move acima de uma linha de tendência ou abaixo de uma linha de tendência.
  • Retornos de quebra de tendência: Os traders têm que procurar por retrações de fuga. Eles têm que entrar no mercado quando o preço se move abaixo do nível de rompimento ou acima do nível de rompimento.

Conclusão

O price action para forex é uma abordagem baseada no movimento dos preços e focada nos pares de moedas. Ela não utiliza indicadores ou outros pontos de dados. Toda informação relevante está apresentada nas velas.

O trader têm que entrar no mercado assim que identificar a tendência e fechar sua posição quando a tendência muda. Dessa forma, o price action pode ser uma ótima maneira de negociar forex.

Após ler esse guia sobre price action para forex, você estará pronto para começar a negociar. Mas lembre-se sempre de que o price action é apenas uma ferramenta dentre tantas outras, e você deve sempre usar a sua estratégia para determinar os melhores momentos de entrar e sair do mercado.

Gostou do conteúdo? Quer continuar aprendendo sobre forex, price action e outras estratégias? Então assine o nosso canal no youtube!

Carlos Eugênio

Fundador da Sociedade de Investidores. Investidor e Trader desde 2017 e Mestre em Engenharia de Produção (UFPE). Quer saber mais? Clique aqui.

Receba conteúdo exclusivo

Veja também…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This